Sunday, November 29, 2009

 

Temas Geradores.

Paulo Freire



“Minha alfabetização não me foi nada enfadonha, porque partiu de palavras e frases ligadas à minha experiência, escritas com gravetos no chão de terra do quintal.” (FREIRE, 2005, p.2).

Os “Temas Geradores” são os conteúdos subjetivamente extraídos da problematização, da prática de vida dos alunos e surgem segundo a proposta de Paulo Freire, que parte do estudo da realidade do aluno aliado aos dados coletados pelo professor.
O que realmente importa não é a transmissão de conhecimentos específicos e sim uma nova forma de relação com a experiência de vida de cada indivíduo.
Chama-se de “invasão cultural” passar conteúdos pré-estruturados, que não estejam no contexto social de quem recebe a informação que acaba não assimilando e a informação torna-se descartável.
O professor tem por obrigação conhecer seu aluno e a realidade em que ele está inserido, pois é através do conhecimento desta realidade, que este conhecimento se tornará a fonte de onde deveremos explorar nosso material de trabalho. Caso contrário, estaremos reproduzindo os moldes do velho modelo escolar que não propicia ao aluno a construção do conhecimento.
Segundo Paulo Freire e Frei Betto deve haver um respeito à “bagagem” de cada indivíduo e a inserção de suas experiências como parte constitutiva do seu próprio aprendizado.
O processo de alfabetização tornar-se-á mais interessante desta forma, porque há uma participação do aluno em conjunto com o professor.
Para superar a transmissão pura e simples do conteúdo, mecânico, vazio de significados concretos os temas devem ser tratados como temas geradores de reflexões mais amplas e que possibilitem a formação crítica e transformadora dos sujeitos. E é em Paulo Freire que todos os que escolhem trabalhar com a metodologia dos temas geradores busca subsídios teórico-metodológicos.
Na pedagogia Paulo Freire vemos que educar é um ato de conhecimento da realidade concreta, das situações vividas, um processo de aproximação crítica da própria realidade: compreender, refletir, criticar e agir são as ações pedagógicas pretendidas.O tema gerador é o tema ponto de partida para o processo de construção da descoberta. Por emergir do saber popular, os temas geradores são extraídos da prática de vida dos educandos, substituem os conteúdos tradicionais e são buscados através da “pesquisa do universo vocabular”. É importante destacar que o caráter político da pedagogia freireana faz-se presente, de forma radical, nos temas geradores, isto é,temas geradores só são geradores de ação-reflexão-ação se forem carregados de conteúdos sociais e políticos com significado concreto para a vida dos educandos.


Labels:


Comments:
Olá Elise!
Trabalhar com temas geradores, conforme foi proposto por Paulo Freire, vinculando o processo alfabetizador a realidade do aluno é um desafio para os professores. Além de buscar sempre o diálogo, a troca e a reflexão sobre a prática.
Referes que "O professor tem por obrigação conhecer seu aluno e a realidade em que ele está inserido". Como tens feito isso?
Um abraço, Simone - Tutora sede
 
Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?